O que funciona com o novo decreto do governo do RN para contenção do avanço da Covid-19 no estado

A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou nesta quarta 17 de março novas medidas para o enfrentamento da Covid-19 no Rio Grande do Norte. O novo decreto determina o fechamento das atividades não essenciais no estado num período de 14 dias, a começar no próximo sábado dia 20 e valerá até 3 de abril.

Com o novo decreto todo e qualquer serviço não essencial não poderá funcionar. Somente os serviços essenciais poderão funcionar durante a vigência do novo decreto.

Veja quais os serviços tidos como essenciais e que poderão funcionar:

Oficinas de veículos automotores, máquinas e equipamentos agrícolas;
Locadoras de máquinas e equipamentos agrícolas;
Lojas de suprimentos agrícolas;
Podólogos;
Serviços de saúde;
Serviços de segurança privada;
Supermercados; Mercados; Hipermercados; Quitandas; Açougues; Peixarias; Padarias;
Distribuições de alimentos;
Serviços de Delivery;
Loja de autopeças;
Postos de combustíveis;
Farmácias, drogarias e similares;
Lojas de artigos médicos e ortopédicos;
Hotéis, flats, pousadas e acomodações similares;
Lojas de material de construção;
Locadoras de máquinas e equipamentos para construção;
Petshops, hospitais/clínicas de veterinária;
Locadoras de máquinas, equipamentos e bens tangíveis;
Atividades de agências de emprego;
Atividades de agências de trabalho temporário;
Lojas de reparos de computadores e bens pessoais e domésticos;
Lavanderias;
Serviços funerários;
Atividades financeiras e de seguros;
Imobiliária com serviços de vendas e/ou locação imóveis;
Transportes Públicos coletivos ou não (ônibus, trens, táxis, transportes por aplicativos e outros);
Correios e serviços de entregas;
Transportadoras;
Imprensa.

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo