Prefeita de Triunfo Potiguar participa de encontro com a bancada federal do RN em Natal

A prefeita de Triunfo Potiguar/RN, Lúcia Estevam participa na sede da FIERN em Natal, de um importante encontro promovido pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN, com a bancada federal do Estado.

A reunião tem o propósito de reforçar o pedido de apoio aos parlamentares na ajuda financeira aos municípios neste atual momento de crise.

Como o município de Triunfo Potiguar é um dos mais afetados, a prefeita Lúcia Estevam cobrou mais empenho dos deputados federais frente a está crise pela qual os pequenos e médios municípios estão passando.

"Precisamos unir forças e buscar meios para combater esta que já se consolida como a maior crise financeira das últimas décadas. Precisamos do apoio e compromisso de cada deputado em Brasília" disse.

Espetáculo "Auto de Santa Teresinha" será reapresentado dia 29 na Festa da Padroeira de Janduís

Espetáculo "Auto de Santa Teresinha" – um hino ao Amor de Deus, texto 100% Janduiense, desde à criação do texto até a preparação de elenco e montagens de cenas.

Esse ano de 2017 o espetáculo ganhou mais proporção tanto nas cenas como na produção e dias de apresentações.

O Auto será apresentado duas vezes dentro da programação oficial da Festa da Padroeira, a Primeira apresentação já aconteceu, foi dia 20 de outubro, a outra está marcada para o dia 29 do mês em curso, com aproximadamente 30 artistas, distribuídos entre atores, atrizes, dançarinos, produções e direções, o espetáculo conta a linda história de Santa Teresinha e enaltecer seu amor ao nosso criador Deus.

Direções:

Texto original de Amilton Lima

Direção Geral: Rogério Silva

Direção de cenas: Karol Garcia

Direção Musical: Marcos Lima

Coreografias: Carlito Bandeira,Samuel Cleiton e Clara Lima

Maria Tereza como Teresa Pequena

Regiana Araújo como Santa Teresinha

O Auto tem a realização da Prefeitura Municipal de Janduís, através da Fundação Cultural Mestre Dadá.

Projeto de Lei polêmico do vereador Walter Neto entrará na "OD" na sessão da Câmara de Janduís desta segunda

Entrará na pauta da Ordem do Dia (OD) na sessão da Câmara Municipal de Janduis desta segunda, o Projeto de Lei de autoria do vereador Walter Neto (PSDB) que pede autorização para a liberação de som e volume em locais determinados e em períodos específico. 

Os vereadores analisarão o Parecer das Comissões Temáticas da Casa. A polêmica do PL divide opiniões na Câmara e nas redes sociais. 

A divergência está no fato de que o Requerimento está contrariando uma Lei Federal. Autor da proposição, o vereador Walter Neto defende que o PL não fere à Constituição Federal.

Fonte: Blog Fala RN

Confiram as grandes promoções no Supermercado Cabral com preços imperdíveis em Campo Grande

O Supermercado Cabral foi fundado em Campo Grande/RN, com o objetivo de atender toda a população campograndense, como também aos comerciantes da cidade e região, com uma variedade de mercadoria para açougues, supermercados, restaurantes, padarias, lanchonetes, cozinhas, hipermercados e etc.

O Supermercado Cabral possui produtos de alta qualidade, e com o melhor preço da região. Sem falar  que tem melhor atendimento da cidade, buscando atender as necessidades dos clientes.

Nosso compromisso é superar as expectativas dos clientes, garantindo assim total satisfação, para fazer do Supermercado Cabral, o sinônimo de excelência na comercialização.

Depositamos todos nossos esforços em oferecer o melhor serviço e a melhor qualidade em nossos produtos.

O Supermercado Cabral está localizado na Rua Antonio Véras, Centro de Campo Grande/RN. Fone: 84 – 3362-2077 ou 9 9600-0101. Org: Thiago Cabral.

Governo estuda mudar regra de bandeiras e conta de luz pode ficar mais cara

Aneel afirma que a receita proveniente das cobranças adicionais não serão suficientes para cobrir os custos extraordinários
A permanência de um quadro de chuvas fracas e reservatórios baixos está preocupando o governo e já provoca reavaliação da metodologia de acionamento das bandeiras tarifárias, que aumenta o preço cobrado pela energia no momento em que as usinas termoelétricas são ativadas. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deve discutir o assunto em reunião marcada para esta terça-feira, 24. Uma das opções na mesa é a revisão no processo, acarretando em aumento no preço da conta para o consumidor final.

O diretor geral da Aneel, Romeu Rufino, admite que deve abrir uma audiência pública para reavaliar o instrumento da bandeira tarifária. Atualmente, a metodologia considera o valor do Custo Marginal de Operação (CMO) para o próximo mês, mas o executivo considera que esse valor é muito volátil e defende que também seja considerado o nível de armazenamento. “É o que mais importa, olhando para o futuro, qual é de fato a condição de atendimento da carga.”

Segundo Rufino, isso poderia evitar uma bandeira verde como a observada em meados do ano, quando já se esperava uma hidrologia desfavorável durante o período seco e um forte consumo dos reservatórios. A nova metodologia, disse ele, deve entrar em vigor no ano que vem.

Abaixo

A Aneel afirma que a receita proveniente das cobranças adicionais de bandeiras tarifárias não serão suficientes para cobrir os custos extraordinários com o risco hidrológico e a geração termelétrica que se observa neste ano, o que tende a influenciar os reajustes tarifários do próximo ano.

Somente entre janeiro e agosto de 2017, o risco hidrológico já custou R$ 7,6 bilhões, segundo levantamento feito pela TR Soluções, com base em números divulgados pela Aneel, e a tendência é de um crescimento expressivo nos meses sucessivos, tendo em vista a piora do cenário hídrico e a consequente elevação dos preços da energia no curto prazo.

Por outro lado, a arrecadação com as bandeiras tarifárias não deve alcançar, em todo ano de 2017, sequer o custo com esse risco hidrológico. Nos oito primeiros meses, segundo a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), a arrecadação com as bandeiras somou R$ 1,78 bilhão.

“Nem mesmo o acionamento da bandeira vermelha patamar 2 até o fim do ano seria suficiente para cobrir todo o custo”, afirma o gerente Comercial e de Novos Negócios da TR, Helder Sousa.

Pelos cálculos da TR Soluções, o montante obtido com as cobranças extras na tarifa somaria cerca de R$ 7,5 bilhões se fosse acionada a bandeira vermelha patamar 2 entre agosto e dezembro. Mas em agosto, a bandeira foi vermelha no patamar 1, e em setembro a bandeira foi amarela.

No segundo nível de acionamento da bandeira vermelha, os consumidores pagam R$ 3,50 a cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos. No nível 1, a cobrança extra é de R$ 3,00 a cada 100 KWh e a bandeira amarela, que vigorou em setembro, por exemplo, adiciona R$ 2,00 a cada 100 KWh.

Repasse

Quando a receita com as bandeiras tarifárias não é suficiente para cobrir os custos, as distribuidoras arcam com compromisso e, no momento do reajuste, o saldo dessa conta entra no cálculo da tarifa, resultando em aumento de conta de luz para o usuário.

Para o ano que vem, a matemática aponta para um forte movimento de alta nos preços da tarifa. Somente a Light, distribuidora carioca, um exercício feito pela TR Soluções mostrou tem balanço desfavorável de R$ 455,9 milhões. Com isso, se ocorresse um reajuste tarifário em setembro, o passivo, descontados os valores já adiantados na tarifa (de R$ 389,59 milhões até agora), se refletiria em um impacto tarifário de 1,84%.

A consultoria fez o mesmo exercício para outras importantes distribuidoras do País e identificou um impacto tarifário hipotético de até 3,06%, no caso da Copel, ou de 2,75% para Eletropaulo e de 1,88% para a Cemig, considerando que as distribuidoras teriam reajuste em setembro. Vale salientar, no entanto, que como os aumentos nas tarifas são determinados em períodos distintos, esses números não servem de referência para um aumento futuro.

Bandeira vermelha

A permanência de um quadro de fracas chuvas até esta semana, como as observadas até agora em outubro, deve levar o País a enfrentar mais uma vez a bandeira vermelha patamar dois, que adiciona R$ 3,50 à conta de luz a cada 100 quilowatt-hora (KWh) consumidos.

“A continuar com o mesmo desenho que temos até agora, aponta para a manutenção da bandeira vermelha patamar dois”, disse Romeu Rufino, na semana passada, para jornalistas.

Ele comentou que o cenário hidrológico do País permanece desfavorável e em outubro se observou o atraso do início do período úmido nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, com o registro de chuvas abaixo da média histórica, o que não permitiu qualquer melhora nas condições de armazenamento dos reservatórios. “A expectativa é que novembro possa finalmente o período úmido entrar na normalidade”, disse.

Ainda assim, ele salientou que como os preços que determinam o acionamento das bandeiras é volátil, se houver um volume de chuva importante nos próximos dias, o modelo considera essa precipitação e reproduz para frente, ainda que o cenário não seja verdadeiro, o que pode influenciar na definição da bandeira de novembro.

Luciana Collet, O Estado de S.Paulo via AGORA RN

Família Mossoroense procura por homem que está desaparecido

Uma família mossoroense procura por um homem que está DESAPARECIDO desde a manhã de quinta-feira dia 19/10/2017.

O homem é Raimundo Nonato Melo, atende pelo apelido de Kaká, está usando uma camisa do Flamengo e de calça.

Ele é depressivo, a família está desesperada por informações.

Abaixo segue os contatos para quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro dele.

Nanda Calçados renovou os seus produtos com o melhor da moda com bom gosto e qualidade em Campo Grande

A Nanda Calçados atende o público feminino e masculino. Em busca constante por inovação, a Nanda Calçados prioriza qualidade e conforto em seus produtos.

Nanda Calçados trabalha com calçados femininos e masculinos, adulto e infantil, bolsas, carteiras, cintos e bonés. Lembramos também que a Nanda Calçados agora está trabalhando com diferenciados tipos e cores de meias.

A suas contas podem serem parceladas no cartão de crédito.

A loja fica localizada na Rua Dr. Terceiro Jácome, nº 238, próximo a Caern em Campo Grande/RN. Fone: (84) 9 9631-9091. Org: Fernanda.

Vão até lá e confiram todas as novidades.

Investigado por assalto é morto com tiros no centro de Janduís

Francisco Jales da Silva, morto na cidade de Janduís

Três homens bem armados executaram no meio da tarde de domingo, 22 de outubro, no Bar da Novinha, centro da cidade de Janduis, Francisco Jales da Silva, “Nego de Laura”, investigado por assalto na região.

Segundo informações, os atiradores chegaram num carro, se dizendo policiais, mandaram todos os presentes no bar se retirarem e executaram “Nego de Laura” com tiros de escopeta e pistola.

Ainda segundo informações, “Nego de Laura” era investigado como integrante de uma quadrilha responsável por assalto em um banco no estado da Paraíba. Ele chegou a ser preso e a poucos dias havia sido liberado pela justiça.

Fonte: O Câmera

Presidente da Câmara de Paraú apresenta requerimentos em prol da população

O Presidente da Câmara Municipal de Paraú em exercício, o excelentíssimo senhor Durval Ribeiro da Silva Filho (PSD), apresentou na última Sessão Ordinária realizada na quinta-feira (19/10), dois requerimentos em plenário no qual foram aprovados a unanimidades dos vereadores presentes.

Um dos requerimentos requer a Prefeitura Municipal de Paraú a pavimentação em paralelepípedo dos seguintes logradouros: Rua Divino Espírito Santo, Travessa Vicente Lourenço, Travessa Raimundo Galdino, Rua João Pedro Lopes, Rua Capitão Manoel Martins, Rua Antônio Jácome, Rua Américo Martins, Travessa Raimundo Galdino de Aquino e Rua Manoel Galdino de Aquino.
O outro a elaboração de Projeto/Programa que realize a construção de cacimbas na zona rural do nosso município.

Referida ação é de suma importância para a população parauense que sofre nos períodos de estiagem, pois, é uma medida de combate à seca e as suas consequências nas regiões mais afetadas pela ausência no fornecimento e distribuição de água. Justificou o residente.

Fonte: Focoelho

Loja A Moça Fina renovou todo o estoque com as melhores marcas em Campo Grande

A Loja A Moça Fina comunica todos os seus clientes que renovou o seu estoque para a Festa de Sant’Ana 2016 com roupas diretamente de São Paulo para todos os campo-grandenses.

Queremos lembrar que já estamos aceitando cartões de crédito.

Telefone: (84) 9 9992-8357.

A loja está situada na Rua Major Segundo Jacome, por trás do colégio Sagrado Coração de Maria. Organização: Irene Brito e Marcelo.
© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo