Aumento do número de casos confirmados de COVID-19 em Messias Targino é preocupante

De uma semana para outra a cidade de Messias Targino registrou oito casos do covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado na sexta-feira (17/07) a cidade já tem confirmado 27 casos, sendo que sexta-feira (10/07) havia sido registrado 19.

Os números mostram que o isolamento social ainda é necessário e é a melhor forma de se proteger e controlar o índice de infectados. Principalmente, quando se trata de uma cidade pequena e sem estrutura de saúde para casos mais graves. Porém, o município vem sendo alvo de críticas no que diz respeito a decisão de só comunicar os casos confirmados na sexta-feira, considerando que a não divulgação diária influencia diretamente nas medidas de prevenção de combate ao coronavírus.

No anúncio oficial divulgado pela Prefeitura em 12 de junho em sua página do facebook, de que os testes seriam feitos apenas na quinta-feira e o boletim divulgado na sexta, um profissional de saúde da cidade se posicionou destacando alguns pontos que deveriam ser considerados sobre essa estratégia.

Entre as sugestões para a melhoria no combate ao covid-19 na cidade, no espaço de comentários da página, ele destacou que “a não divulgação dos casos suspeitos, confirmados, descartados e monitorados diariamente pode influenciar diretamente nas ações preventivas que são dinâmicas. Exemplo: hoje, fizemos testagem e 15 pessoas foram suspeitas. No outro dia, 25 pessoas entraram como suspeitas, como manter esse controle do isolamento social até que se faça a testagem? As ações de prevenções devem ser intensificadas. A divulgação apenas na sexta feira, é contraditório ao cenário atual”.

Sobre a testagem ser apenas na quinta-feira, ele supõe que “em uma área A com 15 pessoas suspeitas e 10 pessoas na área B, essas pessoas irão superlotar os serviços, além de haver o contágio direto entre eles, devido a superlotação do serviço. Será que vai ter capacidade de atender todas as pessoas em um só dia?”.

Finalizando que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde, é que os sintomáticos façam o teste rápido para Sars-CoV-2 entre o 7° e 10° dia, e a depender da clínica, pode se aplicar até o 14° dia.

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo