Bandido morto ao atirar na PM de Jardim lucrava alto com taxa para liberar passagem de veículos e de pessoas

O garoto do crime que atormentava a população de Caicó e Jardim de Piranhas, Brejo do Cruz-PB e São Bento-PB, tombou ao tentar topar a PM.

Por pouco não foi comemorada a morte de ELIAS BELARMINO CARVALHO, vulgo PEQUENO DE BRANCA, morto em confronto com policiais do GTO.

Há dias Elias estava sendo procurado pela polícia, havia mandado contra ele, mas sempre conseguia escapar. Sua ficha criminal era enorme.

Ele estava lucrando alto com um formato de crime muito usado em favelas do RJ, SP e Recife (em metrópoles), mas no interior foi pioneiro.

Elias é assunto desde a hora da sua morte. Tentar falar seu nome em qualquer lugar era sinônimo de perigo, e as pessoas de bem evitavam, pagavam caro por isso, mas preferiam conviver com o perigo a ver o risco de morte.

O nacional seguia em sua moto quando os policiais tentaram alcançá-lo, ousado, preferiu atirar na PM, mesmo guiando seu veículo. Com tiro certeiro em meio ao acompanhamento tático, Elias tombou.

“FIM DO PEDÁGIO!”

Fonte: Jair Sampaio

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo