Fátima exonera diretor-presidente do Igarn, Caramuru Paiva que vira assessor na Assembleia

A governadora Fátima Bezerra exonerou o diretor-presidente do Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (Igarn), Caramuru Paiva. A dispensa está publicada na edição desta quinta-feira, 17, do Diário Oficial do Estado. O texto afirma que a demissão aconteceu “a pedido” do auxiliar. O substituto ainda não foi anunciado.

Segundo a assessoria do Igarn, a saída do diretor-presidente não foi motivada por divergências políticas ou de trabalho. Nem o Governo do Estado nem a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), pasta à qual o instituto está vinculado, comentaram o assunto.

Demitido do Igarn, Caramuru Paiva já foi nomeado “assessor especial parlamentar” na Assembleia Legislativa. A reportagem apurou que ele vai trabalhar com o deputado estadual Francisco do PT, que dispensou o assessor Luiz Hudson Guimarães e estava à procura de um substituto. A nomeação de Caramuru na Assembleia foi publicada na edição de quarta-feira, 16, do Diário Oficial da casa legislativa.

Ligado à Semarh, o Instituto de Gestão das Águas tem como algumas de suas principais atribuições o monitoramento de reservatórios hídricos no Estado. Desde o início do ano, quando a recém-empossada governadora Fátima Bezerra nomeou Caramuru Paiva para o cargo de diretor-presidente, o órgão também passou a intensificar ações de fiscalização quanto à segurança de barragens – por recomendação da Agência Nacional de Águas emitida após o rompimento da barragem de Brumadinho (MG), em janeiro.

Quem é

Caramuru Paiva tem 44 anos e é graduado em Agronomia pela Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa). Tem também especialização em Gestão Ambiental e mestrado em Desenvolvimento Territorial pelo Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Dinâmicas Territoriais no Semiárido (Plandites), do Campus Avançado Profa. Maria Elisa de Albuquerque Maia (Cameam), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern).

Entre 2003 e 2008, coordenou o Projeto Dom Hélder Câmara, promovendo a inclusão social e o desenvolvimento sustentável de cerca de 2000 famílias agricultoras em 17 municípios. Também coordenou a execução do Programa 1 Terra e 2 Águas, da Articulação do Semiárido, com investimentos federais e execução pelo Núcleo Sertão Verde, promovendo ações no Alto Oeste potiguar.

Exerceu ainda função de delegado federal do Desenvolvimento Agrário do RN, através do Ministério do Desenvolvimento Agrário, e assessorou o mandato da Fátima Bezerra no Senado, entre 2015 e 2018, para os temas de agricultura, segurança hídrica e, em especial, ações relativas ao projeto de integração do Rio São Francisco.

Em 2018, foi candidato a deputado federal pelo PT e obteve 23,8 mil votos. Atualmente, é segundo suplente da deputada Natália Bonavides (PT).

Fonte: Agora RN

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo