Senador Styvenson parte para o confronto após críticas de seus eleitores

O senador Styvenson Valentim (PODEMOS-RN) pegou ar, literalmente, em uma Live no Instagram. Criticado pelo seu próprio eleitorado sobre a votação da flexibilização do uso de armas, na qual o mesmo se posicionou contra, Styvenson partiu para o ataque contra quem cobrava explicações sobre seu voto.

"Quem não respeita a lei, quem abusa da autoridade e anda na ilegalidade, por favor, não me siga mais não. É um favor que você faz a mim. Eu nunca pedi voto de gente assim não. Muito menos a gente que desrespeita a constituição. Encerrou esse assunto", respondeu o Senador.

Imagem arranhada

Para os eleitores do senador, Styvenson é considerado um "traidor" por ter usado a bandeira contra o desarmamento durante as eleições, e votado contra a proposta na primeira oportunidade como parlamentar. Capitão Styvenson, como é conhecido, foi o senador mais votado do Rio Grande do Norte com 745.827 votos.

Justificativa

Styvenson, Zenaide e Jean Paul-Prates, os três senadores que fazem parte da bancada Potiguar votaram contra o decreto. Para Styvenson, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) errou no texto que previa a flexibilização do porte de armamentos no Brasil. Para ele, o decreto fazia alterações na lei original sobre o tema, criando novas categorias para ter arma de fogo sem expressar necessidade. Styvenson defende que deveria haver uma flexibilização, mas com critérios rígidos.

O vídeo (se não abrir abaixo, clique aqui para assistir) que mostra trechos do capitão retrucando os seus correligionários viralizou em vários grupos de Redes sociais.

Fonte: blog do Ismael Sousa

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo