Casal é assassinado a tiros dentro de casa durante a madrugada no Bairro Nova Mossoró

O duplo homicídio aconteceu por volta das 02h30min desta madrugada de quarta-feira, 26 de junho de 2019, em uma Rua Projetada no Bairro Nova Mossoró na cidade de Mossoró, região Oeste do Rio Grande do Norte.

O casal Jackson Diogo de Araújo Soares, 26 anos e sua esposa, Maria Andreza de Moura Macedo, 18 anos de idade, foi assassinado a tiros dentro de casa.

Os corpos foram encontrados dentro do quarto da residência e segundo a perícia criminal, Jackson estava embaixo da cama,c uma tentativa de fuga, sem êxito.

A VTR do Ronda Cidadã do 2º BPM composta pelo sargento Sidney de Góis e o soldado Barbosa, foi acionado pelo CIOSP para a ocorrência de disparos de arma de fogo naquela localidade e quando a equipe chegou no local, constatou a veracidade da informação e passou a isolar a área do crime.

O delegado de plantão Dr. Evandro dos Santos, esteve no local com sua equipe, conversando com familiar de uma das vítimas e informou que o casal era usuário de droga. A perícia constatou que não houve arrombamento na residência, o que leva a Polícia Civil a acreditar que o duplo homicídio foi praticado por alguém que estava na casa.

No local surgiram informações de que Jackson Diogo teria recebido uma quantia elevada de dinheiro e que o mesmo tinha falado sobre o caso pelo bairro, mas o delegado Evandro dos Santos, disse que tinha conversado com o pai de Andreza e que este teria confirmado o recebimento do dinheiro, mas que este estaria no banco.

Em face dessa informação o Dr. Evandro disse que a princípio o crime vai ser tratado como execução, mas que durante as investigações poderão surgir fatos novos e o duplo homicídio passar a ser investigado como crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

Após os trabalhos de perícia no local do duplo homicídio, os corpos foram recolhidos e encaminhados pelo rabecão para o Instituto Médico Legal (IML) do ITEP onde serão necropsiados e depois liberados para sepultamento. A cidade de Mossoró, chega nesta quarta feira (26) aos 90 assassinatos em 2019. O caso vai ser investigado em inquérito policial conduzido pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) núcleo de Mossoró.
Fonte: Fim da Linha

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo