Turismo religioso pode gerar benefícios também econômicos ao RN

Igreja Matriz de Sant'Ana em Campo Grande/RN.
Numa época de busca de saídas para a crise econômica e para os muitos problemas financeiros do Rio Grande do Norte, herdados de gestões administrativas anteriores, o incentivo ao turismo religioso pode ser benéfico à economia do Estado.

Apenas para citar, o Município de Mossoró, que tem como padroeira Santa Luzia, e as cidades de Caicó, Currais Novos e Campo Grande, que têm como padroeira Nossa Senhora Sant´Ana, promovem grandes festividades todos os anos. Em Mossoró e em Caicó, aliás, certamente estão as maiores festas de padroeiro do Estado.

Além disso, há Santuários meio esquecidos pelo Poder Público há dácadas, mas lembrados por multidões de romeiros que buscam esses lugares o ano inteiro, em busca de oração e profissão de fé. 

O Santuário de Rita de Cássia (em Santa Cruz), o Monte do Galo (em Carnaúba dos Dantas), o Santuário dos Mártires de Cunhaú (no Distrito de Barra de Cunhaú), o Santuário dos Mártires de Uruaçu (em São Gonçalo do Amarante) e o Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis (ou Santuário do Lima, em Patu) são alguns desses lugares bastante frequentados por cristãos-católicos em praticamente todo o ano.

Em finais de semana, caravanas de romeiros aportam nesses Santuários, provenientes de vários lugares.

Em Patu, a grande Serra possui outros atrativos turísticos

No caso do Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, ou Santuário do Lima, em Patu, no Médio Oeste norte-rio-grandense, além do turismo religioso existe no local um movimentado turismo de esportes radicais e a exploração das belezas da exuberante natureza da majestosa Serra de Patu.

Na referida Serra há uma rampa natural de decolagem de pilotos de vôo livre, que atrai aventureiros do País e do exterior no segundo semestre de cada ano. São pilotos de parapente que ficam em torno de dois meses de cada ano no Município de Patu.

Além disso, a Serra de Patu possibilita a realização de trilhas, visitação à gruta que era usada pelo cangaceiro Jesuíno Brilhante e seu bando e cenários que são são verdadeiros cartões-postais.

Fonte: O Messiense 

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo