Acusado de matar homem por conta de duas cervejas em Assú é condenado a 14 anos

Aconteceu pela segunda vez mais uma sessão do Tribunal do Juri Popular na Câmara municipal de Vereadores da cidade de Assú. 

Na ocasião, o réu Adenilson Nunes da Silva, conhecido como Fofão, matou Francisco Saraiva, depois de uma discussão em razão de duas cerveja. Preso, o suspeito foi interrogado na polícia civil. 

O juri do réu aconteceu nesta terça-feira, 07 de Maio de 2019, sessão presidida pelo Juiz Marivaldo Dantas de Araujo. A sentença condenou o réu em 14 anos de prisão em regime fechado.
Crime

Quarta-feira, 23 de maio de 2018, a Polícia Civil de Assú cumpriu uma ordem judicial expedita em desfavor de Adenilson Nunes da Silva. Fofão como é conhecido popularmente tem 28 anos de idade e segundo a polícia a prisão se deu pela prática do crime de homicídio qualificado contra Francisco Saraiva. 

O fato se deu em 26 de março do ano passado, por volta das 17h30 após uma discussão entre o suspeito e a vítima, dentro do Mercado do Peixe da cidade de Assú, em razão do pagamento de duas cervejas que o acusado e um amigo alegavam não ter consumido, dentre às mais de vinte que tinham bebido. 

Com a briga, o suspeito perseguiu a vítima até o lado de fora do estabelecimento e, já na via pública, aos olhos de muitas pessoas e das câmeras, desferiu uma pedrada na cabeça da vítima que tombou imediatamente. 

As lesões causadas pela agressão, primeiro deixaram a vítima tetraplégica e, no dia 22 de abril, de 2018 culminaram na morte.

Fonte: Assú Notícia

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo