Aluno de Triunfo Potiguar/RN é aprovado na 17ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia na USP em São Paulo

DSE-Dispositivo Sensorial de Ecolocalização é premiado como PROJETO DESTAQUE EM ENGENHARIA pela VIII Feira do Semiárido Potiguar.

Fernando Kéviny da Silva, Aluno da Escola Estadual Desembargador Felipe Guerra – EEDFG é aprovado na 17ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia – FEBRACE, na USP – São Paulo, representando a cidade de Triunfo Potiguar/RN, com o projeto intitulado: DSE – Dispositivo Sensorial de Ecolocalização.
Fernando Kéviny
A FEBRACE – Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, considerada o maior evento científico do Brasil, é um movimento nacional de estímulo ao jovem cientista, que todo ano realiza na Universidade de São Paulo uma grande mostra de projetos. Ocorre anualmente durante o mês de março, e reuni diversos estudantes de todos os estados brasileiros.

Entre as oportunidades oferecidas pela participação do evento, os jovens obtêm a possibilidade de ganhar prêmios e terem seus estudos reconhecidos mundialmente. Além disso, a FEBRACE seleciona anualmente jovens para participar da Intel ISEF – Student Science, Feira de Ciências da INTEL e considerada a maior do mundo.
 
17ª FEBRACE-Feira Brasileira de Ciências e Engenharia 

O jovem já havia representado a cidade de Triunfo Potiguar/RN na 23ª Ciência Jovem, em Recife/PE no ano de 2017 através da mesma pesquisa e também foi selecionado para a 16ª FEBRACE, no entanto, não conseguiu efetuar sua participação. Já no ano de 2018, recebeu o prêmio PROJETO DESTAQUE EM ENGENHARIA pela VIII Feira do Semiárido Potiguar na Universidade Federal Rural do Semiárido – UFERSA.

Triunfo Potiguar na 23ª Ciência Jovem, Recife/PE. 

O DSE – Dispositivo Sensorial de Ecolocalização, é um dispositivo sensorial programado para emitir ondas de ultrassom para evitar o tráfego de aves e morcegos nas regiões onde são instalados os parques eólicos, permitindo assim, que não haja morte de pássaros e mamíferos, e acarretando no ampliamento da produção de energia limpa no estado.

Ao detectar pássaros em uma determinada área, o equipamento aciona um sistema de sensor que emite ultrassons capazes de expulsar os animais e evitar que número de aves mortas em parques de energia eólica aumentem.
DSE 
DSE 

Para mais informações acesse: https://bit.ly/2EurGZQ  ou www.febrace.org.br

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo