Morte de cabeleireiro natural de Campo Grande ainda é mistério, diz a polícia

A Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa vai dar início as investigações para apurar a morte do cabeleireiro Antônio Carlos Eufrosino Silva, de 26 anos, natural de Campo Grande/RN. A vítima foi encontrada com sinais de violência no interior do próprio salão de beleza, no bairro Bom Pastor, na madrugada da quinta-feira (08).

O diretor da DHPP o delegado Marcos Vinícius informou ao PortalBO que um delegado ficará com a responsabilidade de presidir o inquérito que será instaurado ainda nesta sexta-feira (09). " Temos dois delegados que poderão assumir o caso, Franklin Albuquerque ou Reginaldo Soares, eles são responsáveis pela área onde ocorreu o fato. Por enquanto o caso ainda e um mistério", disse.

Vinícius ainda destacou que o depoimento dos amigos e familiares serão fundamentais para a elucidação do crime. O cenário do assassinato foi criteriosamente periciado e as informações serão enexadas ao inquérito que investigará a morte de Antônio. Qualquer denúncia pode ser feita pelo telefone 181.

Fonte: Portal BO

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo