Acusado de matar, esquartejar e queimar amante em Upanema chega a Mossoró

O ex-vigilante Moabe Anselmo da Silva, de 48 anos, preso acusado de matar e queimar a mossoroense Francisca Márcia Freitas Ribeiro, de 27 anos, foi transferido na manhã desta quarta-feira (24), para Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte.

Moabe estava preso desde 16 de dezembro de 2015, por força de um mandado de prisão preventiva, na cidade de Picos, no estado do Piauí.

O crime pelo qual ele é acusado aconteceu em junho de 2014, na cidade de Upanema, a 62 quilômetros de Mossoró. Segundo o delegado Denys Carvalho, Moabe matou, esquartejou e queimou o corpo da dona de casa Márcia Freitas, com o qual tinha um relacionamento extraconjulgal, dentro de um matagal.

O motivo apresentado, informalmente, pelo acusado é que ele teria dado uma motocicleta à vítima, e ela teria terminado o relacionamento. Contudo, nos depoimentos oficiais, ele nega o crime.

“O importante é que temos elementos suficientes para incriminá-lo e o inquérito foi muito bem elaborado”, destacou Denys Carvalho.

O ex-vigilante foi apresentado nesta quarta (24) à imprensa, na sede da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil. Ele destacou que não tinha nada a declarar.

Moabe será encaminhado à Cadeia Pública de Caraúbas, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Mossoró Hoje

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo