Prefeito e vereador de Macau são presos a mando do Tribunal de Justiça do RN

O prefeito de Macau, Kerginaldo Pinto, foi preso no final da tarde desta sexta-feira, 27, por determinação do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada pelo Ministério Público Estadual e por fontes no município de Macau, que testemunharam o cumprimento da ordem judicial.

Kerginaldo já estava afastado do cargo por uma sério de crimes, entre eles falsificação de documentos públicos para beneficiar o ex-prefeito Flávio Veras quando estava preso. Flávio responde a um rosário de crimes na esfera criminal, eleitoral e cívil em função de sua passagem pela prefeitura de macau.

O MPRN informa que Kerginaldo já responde pelos crimes de peculato, falsidade ideológica, falsidade de documento público, uso de documento falso, falso testemunho e coação de testemunha. Estes crimes estão sendo investigados na Operação Maresia e Kerginaldo estava influenciando na instrução.

A prisão preventiva foi assinada pela desembargadora Judit Nunes e alcança também o vereador Joab Fonseca, que também está preso. Mesmo afastado do cargo, Kerginaldo Pinto, conforme comprovou no processo os promotores de Justiça, estava usando seu poder político e financeiro para atrapalhar/dificultar as investigações sobre os desvios na Prefeitura de Macau.

A voz de prisão ao ex prefeito foi dada por policiais militares no final da tarde desta sexta-feira na entrada da cidade de Pendências. Ainda não foi divulgado o local que o prefeito vai aguardar preso decisão posterior da Justiça. Seus advogados não foram encontrados para comentar o caso.

Fonte: Mossoró Hoje

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo