Policia de Apodi prende suspeito de participação na morte de Teté de Ademar

Policiais de Apodi sob o comando do sargento PM Ivanildo Oliveira, conseguiram identificar o principal suspeito de ter participado da morte do comerciante, Antônio Leão da Silveira “Teté” de 74 anos de idade, morto com pauladas com quase 20 punhaladas em sua residência, localizada na Rua Luís Simplício, no centro de Apodi.

A operação policial que prendeu o presidiário, Renato Moreira, ainda contou com a participação dos policiais do Destacamento da Policia Militar de Rodolfo Fernandes, Cabo Edimar e dos soldados Túlio Marinho, Souza Neto. O Renatinho como é mais conhecido foi ser flagranteado na Delegacia de Plantão em Mossoró. Familiares da vitima reconheceram a bainha do revolver. Aos policais Renatinho disse que o crime fora praticado por um ex-presidiário do Completo Penitenciário Dr. Mario Negocio em Mossoró, conhecido pela alcunha de Tiago Zoião.

O presidiário Renato Moreira, faltou para o pernoite no Centro de Detenção Provisoria de Apodi, na noite do crime.

Na residência do detento que atualmente cumpre pena em regime semiaberto no Centro de Detenção Provisória de Agente Ronilson Alves da Silva (CDP/Apodi), conseguiram apreender a bainha do revolver da vitima, uma faca peixeira e duas caixas de cartuchos de espingarda calibre 12.

A princípio, a polícia acreditava que o idoso havia morrido de um choque elétrico, mas com a chegada de peritos do Instituto Técnico e Cientifico de Policia do Rio Grande do Norte (ITEP), ficou constatado que o comerciante teria sido assassinado de forma cruel.

O crime aconteceu por volta das 4 horas da manha do dia 20 de novembro, elementos invadiram a residência do comerciante e após assassina-lo conseguiram levar um revolver calibre 38, uma espingarda de caça, dinheiro e vários cartuchos e munições. O comerciante vendia pólvora, chumbo e munições.


Fonte: PorTrásdasGrades

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo