Mãe não resiste à machadada na cabeça para defender filho em Angicos

A aposentada Terezinha Gomes da Silva, de 67 anos, morreu na manhã deste sábado (14) em um dos leitos do Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, onde estava internada após ter sido agredida com um cabo de machado.

A agressão aconteceu na última segunda-feira (09) no bairro Zélia Alves, na cidade de Angicos, região Central do Rio Grande do Norte.

De acordo com o tenente Erasmo, comandante da Polícia Militar local, o autor da agressão foi um genro da vítima, que ainda continua foragido.

Erasmo contou ao MOSSORÓ HOJE que o suspeito teria batido em um filho da aposentada, provocando uma discussão entre ambos. “Foi aí que ele pegou o machado e bateu na cabeça dela com o cabo”, detalhou o oficial.

O suspeito e a vítima eram vizinhos.

Dona Terezinha foi socorrida ao hospital local e transferida para o hospital mossoroense na quinta-feira (12). Segundo os médicos, ela sofreu traumatismo craniano encefálico.

Uma equipe da Polícia Militar de Angicos está se dirigindo à Mossoró, juntamente com a família da aposentada, para fazer a remoção do corpo. “São uma família bastante humilde, e nós estamos dando esse apoio”, finalizou o tenente Erasmo.

O caso será apurado pela Polícia Civil do município.

Fonte: Mossoró Hoje

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo