Borracheiro fica ferido após ser atingido por explosão de pneu e morre à espera de leito de UTI em Mossoró

Rodolfo dos Santos era borracheiro em Mossoró — Foto: Cedida

Um borracheiro morreu após ser atingido por estilhaços de um pneu que explodiu, em Mossoró, região Oeste do Rio Grande do Norte. Rodolfo dos Santos, de 23 anos, trabalhava há dois meses em uma borracharia e estava fazendo um conserto quando foi atingido pela explosão.

Com o forte impacto, Rodolfo foi arremessado para a parte externa do estabelecimento e bateu a cabeça na calçada. O borracheiro teve lesões no abdômen e também sofreu um traumatismo craniano. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM).

O acidente ocorreu na sexta-feira (5), mas o borracheiro faleceu no sábado (6) enquanto aguardava um leito de terapia intensiva. Todos os leitos de UTI para tratamento de traumas no Tarcísio Maia estavam ocupados.

"Ele foi atendido na borracharia na Samu e quando chegou no Tarcísio Maia fizeram um exame na cabeça. Botaram ele num leito pra ver se arrumavam uma UTI pra ele. Eu corri atrás e infelizmente não consegui", conta Francinildo Farias, sogro de Rodolfo e dono da borracharia.

A família do borracheiro de 23 anos tentou juntar dinheiro para pagar o procedimento cirúrgico em uma unidade particular, mas nenhum hospital da rede privada de Mossoró estava apto a receber o paciente. Na cidade, somente o (HRTM) poderia prestar assistência adequada, mas a unidade está lotada com as demandas habituais e atendimentos aos pacientes com o novo coronavírus.

Na manhã desta segunda-feira (8), o Hospital Regional Tarcísio Maia registrava lotação máxima dos nove leitos para tratamento de traumas e dos 20 leitos críticos destinados aos pacientes com a Covid-19.

Fonte: G1RN

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo