Após chamar a cidade de Olho D’água do Borges de “Merda”, Radialista do RN enfrentará problemas na justiça

O radialista Barbosa de Freitas envolveu-se em uma polêmica por ter chamando a cidade de Olho D’água do Borges de “Merda”.

Vários órgãos e instituições reprovaram o radialista Barbosa de Freitas pelos comentários depreciativos as cidade de Olho D’água do Borges e Itaú.

Barbosa Freitas durante seu programa na Rádio Cultura do Oeste, chamou a cidade de Olho D’água do Borges de “Merda” e prosseguiu demonstrando total desconhecimento que a cidade é “Uma porqueira, uma merda daquela, uma cidadezinha rabo daquela com quatro rua” e que o prefeito Ciro Bezerra de Itaú e Maria Helena de Olho D’água do Borges “São Prefeitos Chibatas”.

O radialista esqueceu que o exercício da ética que é fundamental para o exercício da comunicação. E que a missão do radialista é transmitir, mostrar, divulgar de forma impessoal os fatos que possam de qualquer maneira interessar ao público na sua coletividade.

Barbosa de Freitas achou bonito a palavra Lock Down, mas demonstrou que não conhece ou se quer pesquisou no Google sobre o assunto. Vários países do mundo escutando a ciência e os especialista conseguiram vencer a pandemia utilizando o isolamento social completo, a exemplo da Argentina que tem um numero de infectados no dia de hoje de 6.689 e o numero de óbitos de apenas 329 vitimas do Covid-19 em sessenta dias de isolamento.

Há quem conteste e diga que a população da Argentina é igual a do estado de São Paulo. Então achamos um gráfico par fazermos o comparativo.
Voltando ao radialista Barbosa de Freitas e seu comentário xenofóbico. Existe uma informação que os dois prefeito (Ciro Bezerra e Maria Helena), irão acionar a justiça pra que Barbosa de Freitas faça uma imediata retratação e possa responder pelos seus comentários diante do que reza a lei. As duas assessorias jurídicas dos municípios estão trabalhando em conjunto, segundo fomos informados.

Ainda de acordo com os advogados dos municípios (Itaù e Olho D’água do Borges) o radialista também será denunciado ao Ministério Publico, pelo acumulo de vários cargos em várias cidades diferentes. “Esse radialista tem pelo menos 110 horas por semana em três prefeitura, iremos questionar o Ministério Publico como isso é possível” relatou a assessoria jurídica
A população de Olho D’água dos Borges não perdoou o Radialista nas redes sociais demonstrado união e amor a cidade encheu o Instagran de Barbosa com inúmeros comentários
Fonte: Jornal Folha Regional

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo