Ossada encontrada as margens da BR-110 pode ser de Raimundo Nonato de Melo desaparecido há dois anos

Um caçador que retornava de uma noite de caçada encontrou por volta das 08h da manhã deste domingo, 03 de novembro uma ossada humana que pode ser de Raimundo Nonato de Melo, 46 anos de idade desaparecido há 02 anos, da cidade de Governador Dix Sept Rosado.
Os ossos todos desintegrados estavam dentro de mata fechada no Assentamento Frei Damião, localizado as margens da BR 110 entre a cidade de Upanema e Mossoró.

No local, a família encontrou as vestes, calçados e a carteira de identidade. Pra família parece não haver qualquer duvida que os ossos sejam de Raimundo Nonato de Melo. Até um osso com uma placa de platina, teria sido de um braço de Nonato, quebrado durante um jogo de futebol.

Segundo a família, Raimundo Nonato, estava com depressão e saiu de casa no Sitio Osmar Vicente no município de Governador Dix-Sept Rosado, no dia 19 de outubro de 2017, com destino a Mossoró e desapareceu.

Segundo informações de familiares, na mesma semana que desapareceu, Raimundo Nonato teria sido visto numa residência na comunidade, onde teria pedido água pra beber e depois nunca mais teria sido visto.

O Delegado Teixeira Júnior, que foi ao local com sua equipe da delegacia de Plantão, acredita que a ossada seja mesmo de Raimundo Nonato, mas só após o resultado do trabalho da equipe de antropologia e da Medicina Legal do Itep será possível identificar oficialmente a vitima.
Fonte: O Câmera 

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo