Acusado de matar amigo em Mossoró por causa de dívida de R$ 350 pega 6 anos de prisão

Carpê matou o vizinho e amigo Nino, às 22 horas do dia 4 de novembro de 2007, no bairro Malvinas, zona leste de Mossoró, somente por causa de uma dívida de R$ 350,00 que a vítima não pagou.
Nesta terça-feira, dia 6, foi julgado no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins, em Mossoró, um caso de homicídio ocorrido no dia 4 de novembro de 2007.

O réu, Carpegiane Silva de Medeiros, hoje com 30 anos, conhecido por Carpê, foi condenado a 6 anos de prisão por ter matado Francisco Francieldo de Medeiros, o Nino.

Para matar o Nino, até então seu amigo, Carpê contou com a ajuda de Cláudio de Sousa dos Santos, o Golinha. O motivo: uma dívida de R$ 350,00 que Nino não pagou.

Narra o Ministério Público Estadual que Carpê e Golinha foram até a casa de Nino, às 22 horas do dia 4 de novembro de 2007, para cobrar a dívida.

Na porta da casa, o cobrador e o devedor tiveram uma discussão. Carpê, que estava armado, com uma arma que havia sido emprestada pela vítima, o matou com um tiro no tórax.

O caso tramitou na Justiça lentamente. Inclusive, o Golinha já foi assassinado e Carpê, nesta terça-feira, 6, terminou julgado e condenado por homicídio simples.

O promotor Ítalo Moreira Martins pediu a condenação do réu com base nas provas no processo e o advogado Tomaz Neto pediu absolvição, alegando legítima defesa.

O juiz Vagnos Kelly iniciou os trabalhos às 10h e terminou às 1h3, com a leitura da sentença imposta pelos sete jurados.

Fonte: Passando na Hora

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo