Moradores e motoristas que trafegam pela BR-110 em Campo Grande sofrem com poeira, buracos e risco de acidentes

Buracos se multiplicam na entrada de Campo Grande/RN. Uma vergonha para Campo Grande. o povo não merece tamanho descaso.
Utilizadas por milhares de carros e caminhões, o trecho da rodovia BR-110, que corta o perímetro urbano da cidade de Campo Grande, no Oeste potiguar, tem sua situação agravada a cada dia. Um descaso sem precedentes. Uma vergonha para o município.

E parece que nenhuma autoridade que verdadeiramente tenha o poder de "brigar" por melhorias, se preocupa com o cenário.

Semana passada, passando pelo local, foi inevitável não parar e tirar as fotos que ilustram essa matéria. Isso, pelo caos de muitas vezes ter que literalmente parar o veículo, para livrar da profundidade dos buracos e evitar um acidente, pelos zingue-zangue que e feito por muitos e muitos motoristas.

É bem verdade, que por ser uma BR, a responsabilidade é do DNIT - Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, contudo, está dentro do perímetro urbano, e assim sendo, o gestor municipal tem o dever moral de agilizar uma maneira de sanar com o verdadeiro pandemônio que vive os moradores de toda Campo Grande, em especial dos bairros Alto da Esperança, que sonham, faz tempo, com a esperança de ter o asfalto em estado aceitável de transitar.
Não é mais aceitável, desculpas de que aguarda-se liberação de um projeto para recapeamento ou algo semelhante. É vergonhoso, inaceitável e jocoso, ver cada um tentando se livrar de culpabilidade e jogando o "lixo", (entenda-se a poeira e os riscos de acidentes), para debaixo do tapete.

O problema é crônico, na zona urbana de Campo grande. O "cartão de visitas" as avessas. Até quando veremos os buracos multiplicarem-se, crescerem, e nada ser feito?

O trecho é de grande movimentação tanto para quem vai para Upanema, Mossoró e outras localidades, como o trajeto entre o Alto da Capela e o Alto da esperança e outros tantos.

Chega de descaso, de irresponsabilidade e de desrespeito com aqueles que pagam altas taxas para trafegar pela BR, em especial, neste trecho. tenha respeito ao povo de Campo Grande, em especial.

EM CONTATO COM BLOG, O VEREADOR NILSON JÚNIOR DIZ QUE TEM FEITO SUA PARTE SOBRE O CASO ACIMA CITADO
Foto à época da audiência no DNIT

O vereador Nilson Júnior, entrou em contato com o blog para falar sobre o descaso das autoridades para com a problemática do asfalto da BR-110 e disse que em meados de 2018, esteve com a deputada estadual Cristhiane Dantas, na sede do DNIT, em Natal, para reivindicar junto ao diretor Wilis Saldanha Filho, providências sobre a questão do amplo desgaste do asfalto na entrada de Campo grande, no Oeste potiguar, sentido Upanema/Mossoró.

Nilson júnior afirmou que a Cristhiane Dantas, na oportunidade, repassou ao diretor do DNIT, requerimentos apresentados na Assembleia Legislativa, solicitando o recapeamento do trecho e de outros pontos da BR 110 e na BR 226, que liga o trevo de Campo Grande a Assu.

Fonte: Blog RN Política em Dia 

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo