Popular é morto com 15 tiros de pistola na calçada de casa em Baraúna

O crime aconteceu no final da tarde desta segunda-feira, 21 de janeiro de 2019, na cidade de Baraúna, distante 36 KM de Mossoró na região Oeste do Rio Grande do Norte. A vítima identificada como Clayton da Silva Fernandes, natural de Mossoró, foi morto com mais de 15 tiros de pistola calibre 380.

De acordo com a polícia militar, Clayton estava sentado em uma cadeira na calçada de casa, na Rua Professor Lima, região central da cidade, quando foi surpreendido por uma dupla de motocicleta, que se aproximou e atirou várias vezes em sua direção. A perícia criminal recolheu 15 capsulas de PT 380, que ficaram espalhadas pelo chão e contabilizou 16 perfurações no corpo da vítima.

Informações decorrentes de populares, são de que a vítima, que estava separada da esposa, tinha chegado a Baraúna, na manhã desta segunda, procedente de Governador Dix Sept Rosado, onde estava passando uma temporada, para visitar um filho de seis meses que mora com a mãe e acabou sendo assassinada.

A Polícia ainda não tem informações sobre a motivação e autoria do crime, mas informou que Clayton foi o quarto membro da família a ser assassinado. Mataram o pai dele em 2015 em uma unidade prisional de Mossoró, depois assassinaram um irmão dentro de uma ambulância na Comunidade de Vertente na zona rural de Baraúna em 2017, quando o mesmo era socorrido para o HRTM em Mossoró, após sofrer um atentado. No ano passado, a mãe de Clayton foi assassinada a tiros no bairro Boa Vista em Mossoró.

Após os procedimentos realizados no local do crime pela equipe do ITEP, o corpo de Clayton da Silva Fernandes, foi removido para ser necropsiado na unidade do órgão em Mossoró. Este foi o segundo homicídio do ano em Baraúna. Os dois crimes ocorreram em pouco mais de 24 horas. A Polícia Civil da cidade fará o trabalho de investigação.
Fonte: Fim da Linha

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo