Dona de casa que vive de bazar e material reciclado pede doações para cuidar de três filhos

A dona de casa Benedita Dantas, de 39 anos, faz parte da triste estatística de pessoas que vivem na extrema pobreza no Brasil. moradora do bairro Costa e Silva, Benedita encontra dificuldades para sobreviver. Para cuidar de três filhos, de 7, 11 e 14 anos ela vive com o pouco dinheiro arrecadado com a venda de um bazar de roupas usadas e de materiais recicláveis que ela recolhe no bairro.

Benedita procurou o Blog para mostrar a sua difícil realidade. Após se separar do marido que é viciado no álcool e nas drogas há cerca de um ano, ela resolveu se mudar para uma casa sem a mínima estrutura localizada por trás do Restaurante Tenda, um favor que pediu a uma vizinha para não ficar ao relento.

A dona de casa conta que ela e os filhos sofriam maus tratos do marido principalmente quando ele bebia. Essa foi a decisão difícil decisão de ter que sair de casa para escapar das agressões do ex-companheiro. “Quando ele bebia e usava drogas se transformava e batia na gente. As crianças ficaram traumatizadas e foi por isso que resolvi sair de casa”.

Na arrecadação de roupas usadas para vender como bazar, Benedita encontrou uma alternativa para sustentar os três filhos. Ela também alterna o seu dia catando latinhas para vender para o ferro velho. Visitamos a sua residência e encontramos uma situação de extrema pobreza e dificuldade.

A casa, velha e sem estrutura, está com parte do teto faltando. As paredes ameaçam ruir e não existe saneamento básico. Benedita conta ainda que o desespero dela e dos filhos aumentam quando chega o período de chuva. “A casa fica toda alagada e inunda tudo. É melhor ficar do lado de fora do que dentro. Vivo numa situação desesperadora para mim e meus três meninos”.

O Blog se sensibilizou com a situação de Benedita e vai promover uma campanha para mobilizar doadores para ajudar a sua situação. No momento, Benedita precisa de alimentos, roupas usadas para serem vendidas no bazar e um guarda roupa ou até mesmo uma prateleira para que ela possa guardar as suas coisas. Sobre a moradia, um pedreiro afirmou que iria ajudar e se colocou à disposição para construir um pequeno quartinho desde que ela consiga arrumar material de construção.

“Sou mãe solteira e cuido de três filhos. Vivo de bazar e de reciclagem. O que vocês puderem ajudar eu ficaria muito grata. Vivo de favor, não tenho casa própria. Pedi a uma senhora as chaves para ficar oito dias e por aqui fiquei. A casa é de herdeiros e já pediram várias vezes, mas não tenho para onde ir. Não sei como é que a situação vai ficar, só Deus por mim e as pessoas de bom coração”, conta Benedita.

Para ajudar a dona Benedita com doações de roupas, alimentos, um guarda roupa usado e materiais de construção, basta entrar em contato com o telefone dela: 84 – 98737-8859 ou com o contato do Blog: 84 9 9470-4230.
Fonte: Blog do Ismael Sousa

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo