Júri condena ex-crediarista a 24 anos de prisão em Upanema

O tribunal do júri popular condenou o ex-crediarista Luiz Alenildo Brito de Souza, de 30 anos, a 24 anos de prisão, que será cumprida inicialmente em regime fechado, por homicídio duplamente qualificado. O julgamento aconteceu na manhã desta quinta-feira 21 de junho no plenário da Câmara Municipal de Upanema/RN.

Na sessão, presidida pelo juiz Antônio Borja de Almeida Junior, o promotor de justiça Clayton Barreto de Oliveira pediu a condenação do réu pelo homicídio duplamente qualificado.

O ex-crediarista foi acusado de matar a tiros o idoso Clementino Dias Bezerra de 62 anos, morto na calçada de sua casa no mês de setembro de 2015 na comunidade de Miranda, zona rural de Upanema/RN.

Após as explanações do Ministério Publico e defesa do réu, o conselho de sentença se reuniu e entendeu que Luiz Alenildo era culpado do homicídio.

Fonte: Blog Contexto Upanemense 

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo