Prefeito e vice de Jucurutu receberam décimo terceiro salário de forma indevida

Prefeito Valdir Medeiros

De uma coisa os jucurutuenses podem estar certos: quando o assunto é dinheiro o prefeito Valdir Medeiros e seu vice José Pedro estão bem na fita. Tranquilos. Até aí tudo bem. Nenhuma novidade. O povo de Jucurutu já sabe que os dois agora são ex-lisos.

O que ninguém sabe é que tanto o prefeito Valdir quanto o vice José Pedro, os reis da moralidade e honestidade, estão cometendo atitudes administrativas às margens da lei, que ferem as legislações atualmente vigentes, desafiando até o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE/RN).

Sem nenhum aparato legal,através de uma decisão autocrática, via canetada mesmo, o prefeito Valdir Medeiros resolveu pagar o décimo terceiro salário a ele próprio e ao seu vice José Pedro, irregularmente, sem nenhum tipo de lei específica que o ampare dentro da legalidade.

Conforme constava na última atualização realizada – em 16 de Outubro deste ano – no Portal da Transparência da Prefeitura de Jucurutu o prefeito e o vice receberem no mês de setembro/2017 o valor proporcional referente a 50% do décimo terceiro salário. Na ocasião, Valdir Medeiros embolsou além de seu salário, no valor de R$ 15.600,00, a quantia de R$ 7.800,00; já José Pedro, além de seu salário no valor de R$ 7.800,00, recebeu a quantia de R$ 3.900,00.

Vale destacar que isso é um fato inédito em Jucurutu, pois nenhum dos gestores anteriores a dupla Valdir Medeiros e José Pedro haviam recebido décimo terceiro salário. Atitude imoral e ilegal, já que o Câmara de Vereadores de Jucurutu não aprovou nenhum tipo de legislação específica e o TCE/RN ainda não têm deliberações a respeito da legalidade da matéria.

Os jucurutuenses e o TCE/RN não podem ser omissos com esse absurdo.

Fonte: Blog do Cardoso Silva

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo