Ossada encontrada no Sítio Santana em Mossoró pertence a homem natural de Upanema

Foto: Ismael Sousa

O Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP) confirmou, nesta sexta-feira (8), a identidade de uma ossada encontrada no dia 18 de junho no Sítio Santana, zona rural de Mossoró.

Na época, os familiares do adolescente Jean Carlos Faustino de Brito, de 17 anos, raptado na madrugada do dia 18, e morto a tiros no Bom Jesus, procuravam pelo possível corpo da vítima em um matagal, quando encontraram a ossada.
Segundo a perícia, a identificação foi facilitada através de um processo chamado necropapiloscopico, que consiste na comparação das digitais, ainda presentes no cadáver, com a digital do Registro Geral.

O ITEP confirmou que a ossada é de Abinadab Ismael Nunes Pereira da Silva, de 36 anos. Ele é natural de Upanema e, conforme registros, estava foragido da Penitenciária Agrícola Mário Negócio (PAMN).

Abinadab Ismael é um dos acusados de executar a tiros o presidente do PT da Serra do Mel, Ednaldo Figueira, no dia 12 de junho de 2011. Por este mesmo crime também foram denunciados pelo Ministério Público Estadual: Rafânio Brito de Azevedo, Daniel dos Santos Azevedo, Paulo Ricardo da Costa, Marcelio de Sousa Moura, e Francisco Fábio Ferreira.

O médico legista João Torres Pinto afirma que o resultado obtido com o confronto necropapiloscopico é muito importante e 100% seguro.

De acordo com a equipe de polícia que investigava o desaparecimento dele, Abinadab foi raptado de casa no dia 31 de março, por volta das 16h, na Favela do Fio, região Oeste de Mossoró.

Ainda conforme apurou as investigações, quatro pessoas em um veículo se passando por policiais teriam levado ele.

Com informações: O Câmera via Mossoró Hoje

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo