Servidores Públicos pressionam e vereadores rejeitam criação de Previdência Própria em Campo Grande

Os servidores públicos municipais da cidade de Campo Grande (RN), com o apoio do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum), lotaram na última sexta-feira (01) o auditório da Câmara Municipal para exigir dos vereadores que não aprovassem uma lei que instituía o sistema de Previdência Própria do município.

Conseguiram muito mais: com a pressão popular, a maioria dos edis não só derrubaram o projeto de lei enviado pelo Executivo, como também assumiram o compromisso com os servidores de que durante esta gestão, projeto desta natureza não será aprovado por eles.

Para a presidente do Sindiserpum, Marleide Cunha, a vitória simboliza a força dos trabalhadores quando estes estão unidos em torno de um objetivo comum: “Foi uma grande conquista, mas só foi possível porque os trabalhadores estavam juntos nesta luta, demostrando assim o poder da união das classes. Uma grande vitória, pois já está provado que municípios pequenos não suportam previdência própria”.

Após a sessão, os servidores tomaram as principais ruas da cidade entoando o Hino Nacional em comemoração à reprovação da lei.

SINDISERPUM

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo