Manezinho continua com título suspenso e fora da disputa pela prefeitura de Upanema

Apesar de ainda constar na lista dos possíveis pré-candidatos a prefeito de Upanema pela oposição em 2016, o ex-vice-prefeito Manezinho recebeu uma notícia que desmanchou o seu projeto político.

Através de uma sentença condenatória, já transitada em julgado, que partiu de denúncia do Ministério Público Estadual – MPE, Manezinho foi condenado por improbidade administrativa por danos ao erário público e ficou com seus direitos políticos suspenso por 3 anos, a contar de 2015.

De acordo com a sentença, Manezinho teria usado seu cargo de Chefe de Gabinete para “escolher os beneficiários dos programas de construção de casas populares por critérios pessoais ou de afinidade político-partidário”.

Segundo fomos informados, além da suspensão do título, Manezinho e os demais réus tiveram que ressarcir os cofres públicos com os valores, monetariamente atualizados.

O processo que condenou Manezinho não cabe mais recurso, já que se encontra transitado em julgado, o que torna a situação do “pré-candidato” ainda mais complicado, já que ele dificilmente conseguirá uma limitar ou mandato de segurança para conseguir registrar sua candidatura.

Ciente disso, o grupo de oposição tenta a todo custo viabilizar o nome do ex-vereador Dárcio Regis e da professora Pequena como candidatos a prefeito e vice-prefeito, respectivamente.

Em tempo: Manezinho disputou à Prefeitura de Upanema na eleição de 2012 e foi derrotado pelo atual prefeito, Luiz Jairo (PR), com uma diferença de 1.024 votos de maioria.
Fonte: Upanema.Net

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo