Ex-jogador morre após consumir carne de porco mal preparada

O ex-atacante Leonardo, que brilhou no Sport na década de 90 e no começo dos anos 2000, morreu nesta terça-feira, por volta das 15h (de Brasília), no Recife, por conta de complicações decorrentes de uma neurocisticercose, doença provocada pelo consumo de carne de porco mal preparada.

Ele estava internado desde o dia 3 de fevereiro no Hospital da Restauração, na capital pernambucana. O falecimento do ex-atleta foi por falência múltipla dos órgãos, segundo informou o boletim médico do hospital.

O caso de Leonardo se assemelha ao da estudante mossoroense Ariana da Silva Fernandes, 32 anos. Segundo o médico e professor de infectologia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Fabiano Rodrigues, a morte da estudante pode estar relacionada à bactéria Vibrio Vulnificus, presente em frutos do mar.

Ariane começou a se sentir mal após consumir caranguejo em uma das barracas da Praia do Ceará, e morreu após cinco dias internada em um leito de UTI regulados no Hospital Almeida Castro, onde ficou em uma área isolada.

Segundo o professor Fabiano, a infecção se dá pelo mal preparo do alimento. Ele orienta o consumidor a analisar bem o alimento, em especial o caranguejo, ainda quando estiver vivo e ter a confiança de que o prato foi bem preparado.

O resultado do exame da estudante sairá nos próximos dias.

Fonte: Mossoró Hoje

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo