Prefeitura de Upanema troca carnaval por iluminação pública e construção de açudes na zona rural, salários em dia e serviços essenciais funcionando

O prefeito de Upanema, Luiz Jairo, anunciou, neste sábado (16), durante o programa “Em dia com o povo” na FM 104,9, que a Prefeitura de Upanema não vai fazer grandes investimentos no carnaval neste ano de 2016. O gestor destacou que, a exemplo do ano passado, os recursos escassos impendem qualquer possibilidade de o Município gastar com a folia de momo.

Como em 2015, Luiz Jairo disse que, em 2016, a Prefeitura de Upanema vai continuar priorizando o pagamento dos salários em dia e a manutenção dos serviços essenciais, como saúde e educação. Além disso, ele anunciou que o Município vai começar a instalação de iluminação pública e a construção de pequenos açudes na zona rural. “Vamos trabalhar pra começar a atender a zona rural com iluminação pública e também com a construção de açudes para armazenamento da água das chuvas que temos fé em Deus que virão. Essas ações seriam totalmente descartadas se decidíssemos por gastar R$ 200 mil, R$ 300 mil no carnaval. Recursos que não temos disponíveis”, ressaltou.
O prefeito lembrou que o país vive um momento de incertezas com a sua economia que prejudica a todos. Ele citou números que mostram que os repasses do FPM e do ICMS continuam em queda, além disso, haverá redução também dos recursos do Fundeb. “Só com o Fundeb deveremos perder mais de meio milhão de reais em relação ao ano passado. O FPM, ICMS e royalties também continuam caindo, ou seja, o cenário não é nada favorável”, alertou.

Luiz Jairo informou que se reuniu com a promotora pública, Tatiane Barbosa, e foi orientado para não executar despesas com o carnaval. “Ela disse que todos os municípios que estão em estado de emergência ou solicitando empréstimo através da antecipação dos royalties devem de abster de despesas com carnaval. Upanema está dentro dessas duas situações. Estamos tentando empréstimo para pagar nossos fornecedores e equilibrar nossas finanças. Logo, fica totalmente inviabilizada qualquer possibilidade de grandes despesas com carnaval”, reforçou.

O prefeito disse ainda que o Município vai colaborar dentro de suas condições para que os foliões continuem realizando a festa de momo em Upanema. “O carnaval não deixa de existir porque a prefeitura não pode contratar bandas ou grandes estruturas. A festa vai acontecer e a prefeitura vai ajudar no que puder. Vamos brincar em nossa cidade como em todos os anos fazemos”, afirmou.

A prefeitura vai assegurar o reforço policial, banheiros químicos, paredões de som, entre outras contribuições. “Se eu pudesse fazia carnaval grande todos os anos, mas só fiz em 2014 porque os recursos já estavam guardados. Não vou fazer festa pra depois deixar faltar medicamentos ou merenda nas escolas. Não sou irresponsável”, argumentou.

Luiz Jairo complementou que a única possibilidade de investir no carnaval era se o Município tivesse recebido o ressarcimento do FPM descontado no ano passado, o que não aconteceu. “Podemos receber ainda neste mês de janeiro ou em fevereiro, mas eu não posso fazer carnaval pensando em algo que ainda não é totalmente certo”, concluiu.

Fonte: Upanema.Net

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo