Em Baraúna, homem mata amante e comete suicídio

Uma ocorrência de homicídio seguida de suicídio, foi registrada na noite desta quinta-feira, 24 de dezembro na cidade de Baraúna, região Oeste do Rio Grande do Norte.

João Batista da Silva, de 61 anos de idade, natural de Ipanguaçu, matou sua companheira e logo após cometeu suicídio, dentro da residência, onde morava há mais de 20 anos, na Rua Expedito Alves, no bairro Moinho Novo.

A polícia foi informada por pessoas próximas a família, que Batista era separado da esposa há 8 anos e mantinha um relacionamento com uma moça, que morava na cidade de Ipanguaçu e frequentemente vinha visita-lo na cidade de Baraúna. A tal moça, teria chegado hoje e vinha passar o Natal com o companheiro.

No final da tarde, familiares presenciaram uma discussão do casal e a moça teria dito que Batista estava mentindo e que ela iria embora. Duas filhas de Batista estivem na residência momentos antes do sinistro e segundo informações, elas teriam sido as primeiras pessoas a presenciarem a cena do casal morto na sala da casa.

Segundo o Perito Criminal Otavio Domingos, a moça foi morta com um tiro de escopeta no pescoço e Batista se matou com um tiro no rosto. Dentro da casa e ao lado do corpo foi encontrada uma escopeta calibre 12 de cano curto, original de fábrica.

O Sgt Rivelino, comandante do Destacamento de Polícia da cidade de Baraúna, juntamente com os Sd’s Couto e R. Oliveira, registraram a ocorrência e acionaram as equipes do Itep e da Delegacia de Plantão, para os procedimentos no local.

Fonte: O Câmera

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo