Motorista que causou acidente com morte em Apodi estava bêbado, diz PRF

A Polícia Rodoviária Federal identificou o suspeito de ter atropelado e matado o agricultor Pedro Félix da Silva, mais conhecido como “Pedro Trinca” de 69 anos, no início da noite de sábado (14) na BR – 405 em Apodi.

O acidente foi registrado na altura do KM 80, na saída para Pau dos Ferros.

Segundo a polícia, “Pedro Trinca” trafegava em uma moto Biz, quando teria se envolvido em uma colisão com outra motocicleta. Ele caiu e, ao tentar se levantar, teria sido atropelado por um veículo, que se evadiu do local.

Entretanto, os agentes federais identificaram o automóvel como sendo um Chevrolet Classic, de cor preta, conduzido por Alexsandro Moreira de Sousa, de 34 anos, que foi preso em flagrante e levado à Delegacia de Plantão de Mossoró.

Ao MOSSORÓ HOJE, o delegado chefe da PRF, Aliatá Gibson, informou que o motorista estava embriagado. No teste foi constatado 0,78 mg/L de álcool no sangue. O condutor também estava sem a Carteira Nacional de Habilitação.

Após ser autuado na delegacia, ele foi conduzido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodi, onde ficará à disposição da Justiça.

“Pedro Trinca”, a vítima, teve morte no local, após sofrer graves ferimentos na região da cabeça. Seu corpo foi removido por uma equipe do Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP) para Mossoró, onde será examinado.

Segundo amigos do agricultor, ele residia na Fazenda Salgado, na zona rural do município.

Fonte: Mossoró Hoje

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo