Em dois Municípios do Oeste do RN, houve quatro assaltos em poucos dias

Uma das promessas de campanha do então candidato e atual governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, era justamente a de melhorar o serviço de segurança pública. Há de se reconhecer que algumas ações foram realizadas pela atual gestão estadual, no entanto elas ainda são tímidas para o enfrentamento eficaz da profunda crise que vive a segurança pública potiguar.

Entre o sábado (dia 14 de novembro) e esta terça-feira (17 de novembro) aconteceram quatro assaltos em dois Municípios do Médio Oeste do Rio Grande do Norte, sendo três em Patu e um em Janduís, cidades relativamente próximas uma da outra.

Em Patu, no sábado (14) foram tomadas de assalto três motocicletas, em três assaltos diferentes, mas provavelmente realizados pela mesma dupla armada, que sempre chegava até às vítimas numa motocicleta, segundo relatos das vítimas à Polícia.

Os dois primeiros assaltos ocorreram nas imediações do Sítio Escondido, na zona rural do Município de Patu, no início da noite do dia 14, quando foram roubadas duas motocicletas.

Também no início da noite, por volta das 19 horas do mesmo dia 14, o mototaxista Demétrio Robson Pinto foi assaltado na zona rural de Patu, na Rodovia BR 226, nas proximidades da comunidade conhecida por "Ernestos", conforme foi noticiado neste espaço (clique aqui).

Nesta terça-feira (17 de novembro), pela manhã, um velho conhecido dos meliantes foi novamente assaltado. Situado numa das margens da Rodovia BR 226, em pleno perímetro urbano, o único posto de combustíveis de Janduís foi mais uma vez assaltado.

Segundo relatos de populares, os assaltantes utilizaram na ação uma motocicleta que, associando-se a outros relatos, seria similar a uma das motocicletas tomadas de assalto em Patu.

Fonte: O Messiense

© WWW.CGNAMIDIA.COM - 2010/2016. Todos os direitos reservados.
desenvolvido por: D'Creative Agência Digital
imagem-logo